Arte que se eleva

Lisboa é famosa pelos seus elevadores (muito necessitados) que sobem as suas encostas. Este elevadores tradicionais foram modificados por quatro artistas convidados.

Alexandre Farto converteu o elevador da Bica num espelho, para reflectir a vida desta zona da melhor maneira: reflectindo as suas pessoas. Durante o dia, o elevador da Bica é um meio de transporte, à noite, esta é uma das zonas mais populares para quem quer tomar um copo ao ar livre.

O elevador da Lavra foi preenchido por frases de Fernando Pessoa, pelo artista Vasco Araújo.

O elevador de Santa Justa é o mais internacional de todos, transportando diariamente vários turistas para um dos miradouros mais bonitos de Lisboa. Susana Mendes Silva traduziu a mesma mensagem em várias línguas para tentar provocar diálogo entre os viajantes.

Na Glória
, existem dois elevadores que, a certo ponto do trajecto, cruzam-se. É neste preciso momento que a Susana Anágua tenta mostrar o equilíbrio, a força e a tensão entre os dois veículos ao produzir um mecanismo que provoca um "flash" na altura em que se cruzam.

As suas Fotos

autos en

Faixa publicitária