Palácio Nacional da Pena

Palácio Nacional da Pena
O Palácio Nacional da Pena é um dos monumentos mais visitados de Portugal

A história do Palácio remonta à Idade Média, altura em que terá sido construída ali uma capela dedicada à Nossa Senhora da Pena. Em 1493 o Rei D. João II ordenou que ali fosse construído um mosteiro. No século XVIII o mosteiro foi severamente danificado por um raio e depois, com o grande terramoto de 1755 foi reduzido a ruínas, e assim permaneceu durante várias décadas. Em 1838 o mosteiro foi comprado por D. Fernando II, marido de D. Maria II que o transformou num palácio para servir de residência de Verão da Família Real. Foi adquirido pelo Estado Português em 1889 e em 1910, após a Implantação da República, foi classificado como Monumento Nacional. A UNESCO classificou o Palácio Nacional da Pena como Património Mundial em 1995.

Comentar

Código de segurança
Actualizar

Mosteiro dos Jerónimos Teatro Nacional D. Maria II Praça dos Restauradores Estação do Rossio Torre de Belém Castelo de São Jorge Monumento aos Descobrimentos Palácio Nacional da Pena Campo Pequeno Palácio Nacional de Sintra Convento do Carmo Palácio de Mafra Palácio Nacional de Queluz Estátua de D. José I e Arco do Triunfo da Rua Augusta